quarta-feira, 23 de julho de 2014

Sinto o roçar das asas Amarelas
e escuto essas Canções encantatórias
que tento, em vão, de mim desapossar.

Noturno, Ariano Suassuna
16 de junho de 1927 – 23 de julho de 2014



Postar um comentário