sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Poeta nos versos de Vinícius

Ou tantos codinomes de Pessoa.

“Medo de mim” escrevi um livro, tinha bicho...

Chacal que canta e incita o medo

Aquele de sentir algo lá dentro

Profundo existir hibernado

De andar descalço nas muralhas d’Ávila

E ser encantado pelos delírios de uma Flor.................Sayurï Yamane.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

"Sempre ouça seu espírito.

É melhor estar errado que simplesmente seguir o convencional .

Se você está errado, não importa, você aprendeu algo e você crescerá mais forte.

Se você tiver razão, você deu outro passo para uma vida superior ."

‘Hagakure’ (‘folhas escondidas’ ou ‘escondido pelas folhas’)

- Caminho da Alma do Samurai -

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Sou entre flor e nuvem, estrela e mar.


Por que havemos de ser unicamente humanos, limitados em chorar?

Não encontro caminhos fáceis de andar;


Meu rosto vário desorienta as firmes pedras

que não sabem de água e de ar;

E por isso levito.


É bom deixar um pouco de ternura e encanto indiferente

de herança,em cada lugar.


Rastro de flor e estrela, nuvem e mar.


Meu destino é mais longe e meu passo mais rápido:

a sombra é que vai devagar.

Cecília Meireles



terça-feira, 5 de outubro de 2010



A covardia coloca a questão: 'É seguro?'
O comodismo coloca a questão: 'É popular?'
A etiqueta coloca a questão: 'É elegante?'
Mas a consciência coloca a questão, 'É correto?'
E chega uma altura em que temos de tomar uma posição que não é segura, não é elegante, não é popular, mas o temos de fazer porque a nossa consciência nos diz que é essa a atitude correta.

Martin Luther King Jr.


"Você que está aí sentado!

Levante-se, há um Líder dentro de você!

Governe-o!

Faça-o falar!"

Chico Science



domingo, 15 de agosto de 2010

Amora


A mulher do Amor



quarta-feira, 21 de julho de 2010


— E você, por que desvia o olhar?

(Porque eu tenho medo de altura. Tenho medo de cair para dentro de você. Há nos seus olhos castanhos certos desenhos que me lembram montanhas, cordilheiras vistas do alto, em miniatura. Então, eu desvio os meus olhos para amarrá-los em qualquer pedra no chão e me salvar do amor. Mas, hoje, não encontraram pedra. Encontraram flor. E eu me agarrei às pétalas o mais que pude, sem sequer perceber que estava plantada num desses abismos, dentro dos seus olhos.)


— Ah. Porque eu sou tímida.

Rita Apoena










quinta-feira, 15 de julho de 2010

Tu Tens um Medo


Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.




Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza
Na dúvida.
No desejo.


Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.





E então serás eterno...
- Cecília Meireles -













segunda-feira, 31 de maio de 2010




Your destiny is to do the impossible

Stanley Jordan

sábado, 15 de maio de 2010



Temos rotas a seguir
Podemos ir daqui pro mundo
Mas quero ficar porque
Quero mergulhar mais fundo

Só de me encontrar no seu olhar
Já muda tudo
Posso respirar você
E posso te enxergar no escuro

Tem muito tempo na estrada
Muito tem
E como quem não quer nada
Você vem
Depois da onda pesada
A onda zen
É namorar na almofada
E dormir bem

Foi o seu olhar
O que me encantou
Quero um pouco mais
Desse seu amor...

Seu Olhar - Seu Jorge



quarta-feira, 14 de abril de 2010



A colisão de três galáxias está produzindo um espetáculo raro a 650 milhões de anos-luz da Terra. O evento, de proporções sobre-humanas, gerou a imagem de um beija-flor cósmico, flutuando serenamente contra o céu escuro.

Óptica adaptativa

A galáxia ESO 593-IG 008 foi fotografada por um dos instrumentos do Telescópio VLT ("Very Large Telescope"). Até agora imaginava-se que a colisão estava acontecendo entre duas galáxias apenas. Mas o instrumento chamado NACO utilizou seu mecanismo de óptica adaptativa para gerar uma imagem de maior resolução e permitir que os astrônomos vissem que são três galáxias que estão se chocando.

Beija-flor cósmico

Devido à sua semelhança com um pássaro, os astrônomos passaram a chamar a galáxia tripla de Bird. Apenas o "rabo" do pássaro cósmico mede mais de 100.000 anos luz de comprimento, o tamanho de toda a nossa Via Láctea.

A resolução final da imagem é de um décimo de arco-segundo - algo como o ângulo de uma moeda de 2 centímetros de diâmetro visto de uma distância de 40 km. Isto é cerca de 600 vezes mais do que o olho humano consegue distinguir.


Referência:

Adaptive optics imaging and optical spectroscopy of a multiple merger in a luminous infrared galaxy
P. Väisänen et al.
Monthly Notices of the Royal Astronomical Society
Vol.: In Print

sábado, 27 de março de 2010


Flores Em Você
IRA!

De todo o meu passado
Boas e más recordações
Quero viver meu presente
E lembrar tudo depois...
Nessa vida passageira
Eu sou eu, você é você
Isso é o que mais me agrada
Isso é o que me faz dizer...
Que vejo flores em você!...



Meu coração
Deserto do Saara
Pensa que o amor é um deserto que sara.
O Tempo
Jimi Figueiredo


No coração do Saara, a água da chuva que caiu há milênios empoça na cratera vulcânica de Waw an Namus. Ventos carregaram as cinzas da última erupção por 20 quilômetros.

quinta-feira, 18 de março de 2010


De Monstro Luz!


;D~

segunda-feira, 15 de março de 2010





Vi um pombo...
era uma página em branco.......Sayurï

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Lírios do deserto

“E o poder de ser dois está em agir como uma entidade una.”

Mulheres que correm com os lobos –Pág.155

Clarissa Pinkola Estés

domingo, 14 de fevereiro de 2010


















“Quem perde seus bens perde muito;
quem perde um amigo perde mais;
mas quem perde a coragem perde tudo.”
- Cervantes -

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

“A palavra é , numa só unidade,
três coisas distintas –
o sentido que tem,
os sentidos que evoca, e
o ritmo que envolve esse sentido e estes sentidos.”
Fernando Pessoa



quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010


“...Poderia a realização alguma vez ser sentida tão profundamente como a perda? Com um olhar romântico, ela [Sai] chegou a conclusão de que o amor devia, decerto, residir no hiato entre o desejo e a realização, na carência e não na satisfação. O amor era a dor, a expectativa, o afastamento, tudo o que o rodeava, menos a própria emoção...”
Pág.11
A Herança do Vazio
Kiran Desai


quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

“Concordo com Dom Quixote: o meu repouso é a batalha.”
- Pablo Picasso -


sábado, 16 de janeiro de 2010


Escritos de luz invadem a sombra, mais prodigiosos do que meteoros.
A alta cidade irreconhecível avança sobre o campo.
Seguro da minha vida e da minha morte, contemplo os ambiciosos e desejo entendê-los.
O seu dia é ávido como o laço no ar.
A sua noite é a trégua da ira no ferro, pronto a acometer.
Falam de humanidade.
A minha humanidade está em sentir que somos vozes de uma mesma penúria.
Falam de pátria.
A minha pátria é um palpitar de guitarra, uns retratos e uma velha espada, a prece clara do salgueiral ao entardecer.
O tempo vive-me.
Mais silencioso do que a minha sombra, cruzo o tumulto da sua exaltada cobiça.
Eles são imprescindíveis, únicos, merecedores do amanhã.
O meu nome é alguém e qualquer um.
Caminho com lentidão, como quem vem de tão longe que não tem esperança de chegar.

A arrogância da quietude - Jorge Luis Borges
(epígrafe de “A Herança do Vazio” de Kiran Desai)


sexta-feira, 8 de janeiro de 2010


"Férmin piscou-me um olho.

- Essa mulher é um vulcão à beira da erupção, com uma libido de magma ígneo e um coração de santa – disse ele, envaidecido. – Para estabelecer um paralelo de verdade, lembra-me a minha mulatinha de Havana, que era uma santeira muito devota. Mas, como eu no fundo sou um cavalheiro à moda antiga, não me aproveitei dela e me conformei com um casto beijo na bochecha. Porque não estou com pressa, sabe? A espera aumenta o desejo. Tem uns bobalhões por aí que acham que, se põem a mão na bunda de uma mulher e ela não reclama, já está no papo. Aprendizes. O coração de uma mulher é um labirinto de sutilezas que desafia a mente grosseira do homem trapaceiro. Para realmente possuir uma mulher, é preciso pensar como ela, e a primeira coisa a fazer é ganhar sua alma. O resto, o doce e fofo embrulho que nos faz perder os sentidos e a virtude, vem por acréscimo.




Aplaudi seu discurso com solenidade.

- Fermín, você é um poeta.

- Não, eu estou com Ortega e sou um pragmático, porque a poesia mente, embora de forma bonita, e o que eu digo é mais verdade do que pão com tomate. Já dizia o mestre, mostre-me um mulherengo e eu lhe mostro um homossexual disfarçado.O meu negócio é a permanência, o perene. Você será minha testemunha de que farei de Bernarda uma mulher, se não de respeito, que isso ela já é, ao menos feliz.
Sorri-lhe, assentindo. Seu entusiasmo era contagiante, e sua métrica invencível...."

Pág.111~112
A Sombra do Vento
Carlos Ruiz Zafón.









Férmin, te espero.
Me encontra ou deixa eu te encontrar.