sábado, 9 de fevereiro de 2008


O Caranguejo *


Ele diz não com a cabeça
mas diz sim com o coração.

Ele diz sim só ao que ama
mas diz não ao professor.

Está de pé e o interrrogam
mas são problemas demais.

Morre de rir - de repente -
e apaga tudo o mais:
os algarismos e os nomes
as datas e as palavras
e as frases de emboscada.

O professor o ameaça
sob a vaia dos meninos
( os geniozinhos da classe)
mas ele, ele trabalha:
com giz de todas as cores
no quadro-negro das dores
desenha o rosto da felicidade.

* Le cancre: o caranguejo, em linguagem familiar,
designa também o menino preguiçoso ou vadio.

__________________Jacques Prévert

Nebulosa do Caranguejo


Postar um comentário