sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Paixões:


Paixões são vagalumes.
Brilhando por uma, duas noites.
E então,
quando conseguimos alcançar uma
e guardá-la em um pote para a eternidade,
acordamos no dia seguinte,
vendo lá apenas um bichinho imóvel com um brilho fosco.




Por isso, não as prenda com ferramentas tão brutas.
Mas com uma rede maior,
fiada com um zilhão e meio de fios.
Guarde-as no reflexo dos seus olhos,
cada uma delas,
em cada instante.






















Postar um comentário